RUSH E RECRIA, uma parceria dando certo

Numa das muitas reuniões que fazemos com o nosso amigo e parceiro Igor Bellino, foi lançada por ele a ideia de uma parceria entre a nossa produtora de vídeo Rushvideo e a RECRIA, empresa da Vivian Massignan que trabalha, como o próprio nome diz, em a recriar ambientes através de técnicas de pintura.

Isso muito nos interessou, afinal ter uma trabalho artístico e personalizado em nosso ambiente de trabalho sempre foi nossa intenção, afinal de contas o mundo das produções audiovisuais inspiram e transpiram criatividade e novas ideias surgem a todo o momento.

Parceria fechada com a Vivian e começamos a programar nosso primeiro projeto juntos, a reformulação do muro da Òca Urbana, um espaço de compartilhamento corporativo interessantíssimo a frente da Lagoa do Taquaral.

Em paralelo a programação da gravação, fomos tendo reuniões para definir o primeiro espaço da Rushvídeo a ser decorado, esse será um tema para um de nossos próximos artigos.

Data da gravação definida, e como sempre partimos para o estilo de vídeo e equipamentos a serem utilizados na produção. Como a gravação teria a duração de um dia inteiro, decidimos pela realização de um modelo onde temos 2 estilos de vídeos sendo usados no mesmo produto final. Programamos para que a base fosse realizada em time lapse, uma forma de registrar atividades longas, resumidas em poucos minutos. Aquelas imagens bem rápidas, onde as pessoas se movimentam num ritmo frenético. Apesar da velocidade esse vídeo é produzido com a utilização de fotografias, para tanto utilizamos uma câmera com controle de disparos programados. Dessa forma podemos calcular a tempo entre cada foto e assim definir em quanto tempo queremos resumir 10 horas de gravação. Parece um pouco complicado mas não é. É só entendermos a questão da divisão do tempo numa produção de vídeo. Se considerarmos que 1 segundo são divididos em 30 frames, quadros ou fotos, e programarmos o disparo para 1 quadro por segundo, teremos o vídeo 30 vezes mais rápido que o normal. No caso da Oca Urbana, utilizamos uma variação das velocidades pois algumas etapas do processo de pintura são mais rápidos que outros. Variamos então entra 1 disparo a cada 5 e 10 segundos, totalizando 2 minutos e 15 segundos para 8 horas de registro.

O segundo formato foi com uma câmera solta, onde gravamos trechos mais detalhados das etapas da pintura, dessa forma conseguiremos mostrar com mais precisão o trabalho das artistas.

No próximo artigo, contaremos com a participação mais que especial da Mary Kuhn, para relatar essa experiência incrível de participar na produção dos desenhos.

Rushvídeo e Recria, recriando e movimentando ideias.

Comments are closed.