PARCEIRO DA RUSH LANÇA LIVRO SOBRE O CINEASTA QUENTIN TARANTINO

Fazer cinema no Brasil é uma grande aventura. A maior parte dos financiamentos são captados através de Leis de Incentivo. Entretanto, o caminho de acesso a estas verbas é tortuoso e burocrático, para dizer o mínimo. Aos independentes, resta investir na criatividade, tendo a paixão pela sétima arte como grande inspiração.

E foi assim, movida por este sentimento arrebatador, que a Rush Vídeo, produtora de vídeo em Campinas, interior de São Paulo, especializada em produções corporativas como vídeos institucionais, treinamentos, vídeo aulas, decidiu apostar nos projetos de curta-metragem do cineasta Hamilton Rosa Júnior. Desta parceria nasceram o “Abelha Rainha” e “Trala Land”. As duas produções já participaram de festivais e são exibidas em circuitos alternativos.

Agora, o cineasta Hamilton Rosa Júnior, que é também professor e crítico de cinema, acaba de lançar o livro “Era Uma Vez… Tarantino”, obra indispensável para os fãs do cineasta, cujo trabalho é também referência para Hamilton Rosa Jr.

Para Hamilton, Tarantino sempre fez filmes sobre sonhos, sobre um universo próprio, com regras próprias, que nada tem a ver com o mundo em que vivemos. “Sempre foi um lugar onde ele projeta locais como o bar cinéfilo Jack Rabbit’s Slim, que não existe, e compõe heresias como misturar a estética de filmes de kung fu, samurai e western pra horror de chineses, japoneses e norte-americanos puristas. Na opinião do escritor, o cineasta nunca filmou a realidade.

De fato, Tarantino sempre foi um diretor provocador. Faz filmes que são arrebatadores, e inventivos, ricos em fantasia e alegremente amorais. “Eu não sou um cineasta americano”, ele disse certa vez numa coletiva de imprensa lotada no Festival de Cannes. “Devo ter sido parido dentro de um cinema, pois é este país que reivindico como meu!”, assumiu apaixonadamente.
Segundo Rosa Júnior é por isso mesmo que o cinema dele é tão cativante. “Porque ele não se vende como arte maior. O que temos em cena sempre é a precariedade do mundo dos marginais, dos que não deram certo, e estão procurando uma nova chance. E ele recria de forma tão corajosa a utopia dos fracassados na tela, que mesmo em sua fragilidade, a gente acata, aceita e se diverte com a viagem”.

E a intenção do autor no livro foi trazer sua interpretação do mundo de Tarantino e muitas outras revelações para os leitores. O livro “Era Uma vez… Tarantino”, tem 142 páginas, subdivididas em 16 capítulos e está sendo vendido por 38 reais, diretamente com o autor que produziu o livro de forma independente (a encomenda pode ser feita pelo telefone ou Whatsapp: 19 98314-9849). Para quem mora fora de Campinas, a entrega está sendo feita via motoboy, sem taxas. Para outras cidades, o envio está sendo feito via Correio. O valor do frete é R$ 5,00.

Rush Video – Movimentando ideias e cultura.

Comments are closed.