Os diferenciais de um bom vídeo institucional

Produzir um vídeo institucional é uma decisão extremamente importante em uma empresa. Afinal, esta peça funciona como um cartão de visitas elaborado, sendo usada para apresentar a companhia em eventos, reuniões de negócio, feiras e outras ocasiões. Esse papel torna a produção do vídeo institucional uma tarefa de enorme responsabilidade. Por isso, é fundamental buscar uma produtora de vídeos que agregue valores a ele.

A Rush Vídeo é uma produtora de vídeos que atua no mercado há mais de 20 anos. Nossa experiência nos ensinou que o principal segredo para que uma produção obtenha resultados é a boa relação cliente-produtora. Por isso, nós adotamos o slogan “ideias em movimento”, que serve para simbolizar essa parceria, em que osvídeos produzidos são consequência do diálogo cliente-produtora.

A primeira etapa da produção de um vídeo institucional é o briefing. Nele, o cliente expõe suas necessidades e detalha o funcionamento da empresa. Com esta informação em mãos, a Rush Vídeo elabora um roteiro, que detalha o texto e as imagens que serão capturadas.

O cliente aprova cada etapa deste processo. Após o ok, começam as filmagens. Aqui, a competência técnica e a criatividade do diretor é fundamental. É o olhar dele que capta as melhores imagens que sua empresa pode oferecer.

Por fim, a edição do vídeo institucional é o momento em que todo o trabalho é concluído. Nesta etapa acontece a seleção das melhores imagens, a narração e a inserção de detalhes de computação gráfica, efeitos especiais e inserção de uma trilha sonora.

A Rush conta com a direção geral de Toni Ferreira, que conduz nossas produções com perfeccionismo e criatividade. Com a experiência de já ter produzido vídeos para clientes como Chrysler, Etna, Fundação Getúlio Vargas, McDonalds, Itaú, Lojas Americanas, GE, Tam, Parque Dom Pedro, Unicamp, Vivara entre muitos outros, ele lidera a equipe de uma das maiores produtoras de vídeo em São Paulo: a Rush Vídeos.

Veja nosso portfólio e conheça um pouco de nosso trabalho!

No Comments Yet.

Leave a comment