MUITO ALÉM DA ESTÉTICA: A ILUMINAÇÃO EM PROJETOS AUDIOVISUAIS

Em tempos de quarentena, a produção de vídeos, sobretudo destinados a exibição em redes sociais, se tornou uma espécie de passatempo. E os cineastas amadores mais atentos já perceberam que para um resultado final de qualidade é necessário estar atento a uma profusão de detalhes. Não é por acaso que a ficha técnica de qualquer material audiovisual profissional, como filmes, vídeos ou comerciais, é extensa. E entre os inúmeros elementos a serem trabalhados, um merece destaque: a iluminação. De nada adianta um roteiro bem escrito, as melhores câmeras disponíveis, excelentes equipamentos de captação de áudio se a luz não for adequada. Mais do que um elemento estético, a iluminação vai ajudar a transmitir a mensagem pretendida. Por isso, na Rush Vídeo, produtora de vídeo em Campinas, interior de São Paulo, a iluminação é sempre tratada com muito cuidado, previamente estudada, com investimentos contínuos em equipamentos de qualidade.

Alguns diretores de fotografia, que são os profissionais encarregados de determinar como cada cena deve ser iluminada, inclusive, utilizam, a psicologia das cores para definir a paleta das tomadas, já que cada cor é responsável por ativar uma área do cérebro, estimulando um sentimento específico e elevando a efetividade da mensagem e o engajamento da audiência. Portanto, não é por acaso, que comerciais de produtos de saúde e estética, por exemplo, costumam ter uma a iluminação concentrada, aliada a cores claras e agradáveis, como azul, branco e verde claro. E uma cena de terror ou suspense tende a ser mais escura. A iluminação também é capaz de acentuar as paletas de cores utilizadas no projeto, dando mais vida à linguagem do material. Esse detalhe pode ser facilmente detectado em comerciais de banco, que costumam ressaltar as cores da sua identidade visual.

O esquema de luzes do teatro é um exemplo de como a iluminação é capaz de direcionar a atenção do público. Para reforçar os diálogos dos personagens, todo o fundo do cenário costuma ser escurecido, com as luzes concentradas no ator que está protagonizando a cena. O mesmo conceito se aplica à produção audiovisual. Para garantir a ênfase a um objeto ou personagem, a luz é direcionada para ele. Às vezes, o fundo é até propositadamente embaçado. O objetivo é reduzir o foco sobre outros elementos presentes no enquadramento, concentrando a atenção da audiência nos pontos mais claros da cena.

É por estas razões que investir na qualidade do projeto de luz vai muito além de garantir um resultado estético atraente. A luz é mais um elemento que vai ajudar na compreensão da narrativa apresentada. E encontrar a luz mais adequada é tarefa complexa e, por isso, tema para um próximo artigo.

A Rush produz vídeos de treinamento, videoaulas, documentários, filmagem e transmissão de eventos, vídeos institucionais, materiais corporativos, webseries e material para plataformas de streeming, como o Youtube.

Rush Video, ideias em movimento!

Comments are closed.